Como proceder com compras indevidas no cartão de crédito?

compras indevidas no cartão de crédito
Como proceder com compras indevidas no cartão de crédito?
Avalie esse post

Ao consultar o extrato bancário e notar uma compra indevida no cartão de crédito, a primeira dica é manter a calma e evitar passar mal… depois de recuperar o equilíbrio emocional, é momento de tomar as providências para solucionar o problema, veja quais são:

 

Passo 1: ligue para a seguradora do cartão

Entre em contato com a central de atendimento da operadora do cartão e consulte os dados da compra, informando que ela foi feita sem o seu consentimento. Se após a reclamação a empresa não tomar nenhuma providência, como o envio de uma nova fatura ou restituição do valor (leva alguns dias para a empresa fazer o estorno do valor), é hora de adotar outro procedimento.

OBS: guarde todos os protocolos e dados para comprovar o que foi visto e dito.

 

Passo 2: ligue para a empresa da compra

Identifique onde a compra indevida aconteceu e ligue para o estabelecimento, solicitando os detalhes da compra. Empresas que possuem credibilidade costumam empregar o máximo de esforços possíveis para identificar a origem e motivos do erro e, logo após, tomam providências para que ele seja solucionado; algumas empresas até se responsabilizam pelo estorno do valor na conta do cliente injustiçado.  

 

Passo 3: boletim de ocorrência

Nenhum dos passos anteriores resolveu o problema? Vá até um departamento de polícia e registre um boletim de ocorrência, levando todos os extratos e requerimentos abertos nas empresas responsáveis pela cobrança errada no cartão de crédito.

 

O problema foi resolvido, mas a cobrança continua?

Caso as empresas envolvidas tenham reconhecido o equívoco na fatura do cartão de crédito, mas ainda assim o valor permaneça sendo cobrado na fatura, é obrigação que ele seja restituído em dobro na conta do cliente, assim como esclarecido no Código de Defesa do Consumidor no art. 42:

 

O consumidor cobrado em quantia indevida tem direito à repetição do indébito, por valor igual ao dobro do que pagou em excesso, acrescido de correção monetária e juros legais, salvo hipótese de engano justificável.

 

Mas, como o melhor remédio é sempre prevenir, fique atento com os locais em que passa o seu cartão e tome cuidado ao fazer compras em sites desconhecidos, para que não seja exposto à fraudes que podem roubar seus dados.

Editorial EPD Online

Editorial EPD Online

A Escola Paulista de #Direito 🎓- EPD - oferece cursos de pós-graduação, atualização, desenvolvimento acadêmico e profissional.
Editorial EPD Online
Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *