Quais são os crimes mais conhecidos da internet

Crimes da internet
Quais são os crimes mais conhecidos da internet
5 (100%) 1 vote

A internet vem mudando a realidade das pessoas e viver sem estar conectado, está se tornando uma exigência cada vez menos possível. Porém, nem todos os usuários a usam para fins inocentes, e algumas pessoas mal intencionadas se aproveitam  dessa ferramenta para tirar proveito de outros, aplicando os famosos ‘crimes da internet’. 

Nem todos os crimes cibernéticos possuem um caráter inovador – aliás, a maioria deles não são novidade -, o que muda é a vulnerabilidade de quem está acessando a informação maliciosa e a lábia do criminoso, que sempre promove o golpe de forma atrativa, sem deixar suspeitas. E quando falamos de crimes da internet, a mente deve avançar dos famosos (e qualificados) hackers, porque tem muita gente que não precisa de conhecimentos avançados para acessar códigos mais profundos, basta entender como ‘interagir’ nas redes sociais.

> Psicopatas famosos da vida real


Para ficar um pouco mais atento no que seu mouse anda clicando na internet, veja a seguir quais os crimes mais conhecidos da internet.

Injúria e Difamação

As redes sociais são tratadas por alguns usuários, como palcos de indiretas para ex-namorados (as), inimigos, chefes, colegas de trabalho… e no calor do momento essas mensagens podem ser ofensivas, injuriando ou difamando alguém.

A injúria é dizer coisas ofensivas sobre alguém, os famosos xingamentos; já na difamação, ocorre o compartilhamento de coisas (verdadeiras ou não) que prejudicam a imagem de outros.  

 

Furto de Dados

Para o furto de dados, pessoas com conhecimentos avançados disponibilizam links maliciosos que ao serem acessados, permitem o acesso de hackers aos dados que estão em seu computador. Para devolver os arquivos, esses criminosos cibernéticos estabelecem valores exorbitantes para o resgate.

> Invasão de privacidade: o que é e como provar

Nem sempre os sites maliciosos são desconhecidos, há alguns destinos que são maquiados com locais conhecidos e enganam os usuários do verdadeiro destino daquele link. Atividades desse tipo são denominadas de phishing, fazendo referência ao verbo inglês ‘fishing’, que significa pescar.

 

Perfil Fake

As redes sociais estão repletas de pessoas que mentem sobre quem são e que se aproveitam da vantagem de não mostrarem seus verdadeiros rostos, para criarem perfis falsos. Com essa facilidade, muitos estelionatários e pedófilos conseguem encontrar suas vítimas nessas plataformas. (Veja mais sobre no post Fake News: divulgar notícias falsas é crime?)

 

Apologia ao Crime

Defender crimes é uma prática bastante comum na internet; um caso exemplo é do garoto que teve sua testa tatuada com ‘ladrão e vacilão’, porque conhecidos da vítima o viram roubando e quiseram fazer justiça com as próprias mãos. O ato foi defendido por diversas outras pessoas, embora a atitude adotada pelos vingadores tenha sido criminosa.

 

Plágio

A internet está repleta de conteúdos que foram descaradamente copiados e ainda, sem que as fontes originais recebessem o merecido mérito pelo trabalho. O pior de tudo é que muitos adotam tal comportamento, não possuem noção da gravidade da atitude, ou melhor, não a veem como um ato criminoso.

Gostou da lista? Então, preste muita atenção para não ser a próxima vítima ou então, o criminoso que adotará tal comportamento.

 

palestras gratis direito

 

Editorial EPD Online

Editorial EPD Online

A Escola Paulista de #Direito 🎓- EPD - oferece cursos de pós-graduação, atualização, desenvolvimento acadêmico e profissional.
Editorial EPD Online
Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *